Na reta final do IRPF, mais de 10 milhões de contribuintes ainda não fizeram a declaração

por | 28 maio, 2024 | Imposto de Renda, Notícias

Na contagem regressiva para o fim do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) , mais de 10 milhões de brasileiros ainda não entregaram a obrigação.

Com apenas quatro dias restantes, a Receita Federal registrou o recebimento de 33.241.079 declarações até às 17h46 desta segunda-feira (27), o que representa 77,3% dos 43 milhões de documentos esperados para este ano.

Até o momento, a Receita Federal informou que 65,1% das declarações submetidas têm direito à restituição, enquanto 19% dos declarantes deverão pagar imposto e 15,8% não têm imposto a pagar nem a receber.

A maior parte dos documentos foi preenchida via programa de computador (81,7%), enquanto 10,7% dos contribuintes optaram pelo preenchimento online, que salva o rascunho na nuvem da Receita, e 7,6% utilizaram o aplicativo Meu Imposto de Renda.

Prazo Imposto de Renda 2024

O período para entrega da declaração iniciou às 8h do dia 15 de março e se estende até as 23h59min59s do dia 31 de maio.

Até 2019, o prazo de entrega da declaração começava no primeiro dia útil de março e se estendia até o último dia útil de abril. Desde a pandemia de covid-19, o prazo foi alterado para março até 31 de maio.

Em 2023, o prazo foi ajustado novamente, começando em 15 de março, proporcionando mais tempo aos contribuintes para preparar suas declarações após a recepção dos informes de rendimentos no fim de fevereiro.

Segundo a Receita, a extensão do prazo foi necessária para que todos os contribuintes tivessem acesso à declaração pré-preenchida, disponibilizada duas semanas após o recebimento dos informes de rendimentos por parte dos empregadores, planos de saúde e instituições financeiras.

A Receita Federal espera receber 43 milhões de declarações este ano, superando o recorde do ano passado, quando foram recebidos 41.151.515 documentos.

É importante destacar que alguns municípios gaúchos poderão realizar a entrega do Imposto de Renda até o dia 30 de agosto devido às fortes chuvas que atingem o estado desde o final de abril.

A entrega após o prazo resultará em uma multa de R$ 165,74 ou 20% do imposto devido, prevalecendo o maior valor.

Fonte: Portal Contábeis

Aprenda como proceder à retenção ampla do Imposto de Renda com base na IN RFB nº 2.145/2023, aumente a arrecadação do seu Estado ou Município e evite sanções decorrentes da renúncia de receitas.

Mafon 2023

Sobre o autor:

Alexandre Marques

Advogado, contabilista, pós-graduado em Advocacia Tributária e Direito Processual Civil, CEO da Open Soluções Tributárias e do sistema web Gestão Tributária (www.gestaotributaria.com.br), sócio do escritório Damasceno & Marques Advocacia, autor do livro Gestão Tributária de Contratos e Convênios (9ª edição) e co-autor de outras obras.

Posts Relacionados:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos Online

Cursos Online

SUGERIDO PARA VOCÊ:

Conteúdos Gratuitos

CONECTE-SE COM O PROF. ALEXANDRE MARQUES NO LINKEDin

Receba conteúdos

GT-FÁCIL

Perfil do Autor

O Foco Tributário foi idealizado por Alexandre Marques, autor do livro Gestão Tributária de Contratos e Convênios, atualmente a obra mais completa do mercado sobre retenções e encargos tributários. Saiba mais…