#129: Como evitar o recolhimento da multa e juros dos encargos que incidem sobre a retenção?

por | 7 jan, 2020 | EFD-Reinf, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #129 de 365 publicações ao longo do ano!

Com a implantação da EFD-Reinf, a Receita Federal do Brasil passou a exigir que, tanto tomadores como prestadores de serviços, prestem informações mensais acerca das notas fiscais submetidas ao desconto na fonte de 11% ou 3,5%, gerando um controle apurado das retenções de INSS na cessão de mão de obra.

Assim, é possível que haja um cruzamento de informações detalhadas de cada nota fiscal entre a EFD-Reinf do prestador e a declaração do tomador de serviços. No entanto, como evitar o recolhimento de acréscimos legais de juros e multas que incidem sobre a retenção devida pelo contratante quando a tramitação das notas fiscais ocorre de forma morosa?

É o que vamos explicar no vídeo de hoje, inclusive, com um exemplo prático para melhor compreensão. Confira!

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: contato@focotributario.com.br.

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

Curso gestão tributária de contratos e convênios

Incluindo abordagem sobre a EFD-Reinf, o eSocial, as alterações no ISS e no Simples Nacional para 2019

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.